Sexta-feira (21/03) ocorreu a Assembleia Geral dos Servidores do TJ-SP. Cerca de 600 trabalhadores estiveram presente e aprovaram a pauta de reivindicações da categoria, que servirá de base para as negociações com o Tribunal de Justiça durante a Campanha Salarial 2014. Veja pauta protocolada dia 24/03 no TJ-SP


Sábado (29/03) é dia de acolhida dos assistentes sociais e psicólogos recém-noemados pelo TJ-SP. E ATENÇÃO: O evento não será na sede da AASPTJ-SP e sim no hotel Boulevard São Luis - Avenida São Luis, 234 - São Paulo

 

 

 

 

 

 

Quem esperava novidades do Tribunal de Justiça na terceira reunião de negociações que ocorreu ontem (18/03), decepcionou-se. Desta vez, o presidente, desembargador José Renato Nalini, não compareceu, nem passou pela reunião, que foi conduzida pelo desembargador Antonio Carlos Malheiros, com assessoria do juiz auxiliar da Presidência Ricardo Felício Scaff e as secretárias Lilian Salvador Paula (Secretaria de Planejamento de Recursos Humanos - SPRH) e Diva Elena Gatti da Mota Barreto (Secretaria de Gerenciamento de Recursos Humanos - SGRH). A AASPTJ-SP foi representada pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Campos Neves.

 

Na manhã desta segunda-feira (10/03), a AASPTJ-SP, representada pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Campos Neves, participou da segunda reunião do ano entre as entidades representativas dos servidores e o Tribunal de Justiça. Desta vez, fomos recebidos pelo desembargador Antonio Carlos Malheiros e pelo juiz auxiliar da Presidência Ricardo Felício Scaff. O presidente, desembargador José Renato Nalini, chegou mais tarde e permaneceu apenas alguns minutos na reunião.

 

Assistentes Sociais e Psicólogos que estejam preocupados com a violação de suas atribuições, vejam o breve vídeo e contribuam com seu relato. Agora é a hora!

 

 

 

Elisabete Borgianni, presidente e Cláudia Anaf, conselheira fiscal, representaram, na última segunda e terça (17 e 18/02), os assistentes sociais e psicólogos do TJ-SP durante a 1ª Audiência Pública sobre Eficiência do 1º Grau de Jurisdição e Aperfeiçoamento Legislativo voltado ao Poder Judiciário, realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

 

Qual é a identidade da AASPTJ-SP? O que queremos para a nossa Associação? Foi com estas questões na cabeça que a diretoria, o Conselho de Representantes, funcionários e assessores estiveram reunidos sexta, sábado e domingo (14 a 16/02) para elaborar um planejamento estratégico.


 

O governador Geraldo Alckmin promulgou a Lei Complementar nº 1.217, que institui o Plano de Cargos e Carreiras dos servidores do Tribunal de Justiça de São Paulo, com as revisões propostas pelo TJ e aprovadas pela Assembleia Legislativa.

 

 


Atendendo à solicitação da AASPTJ-SP, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, encaminhou ontem ao governador, Geraldo Alckmin, ofício solicitando a possibilidade de inclusão de servidores no SP Prev, corrigindo injustiça com servidores do TJ-SP, especialmente assistentes sociais e psicólogos que ficaram de fora do regime próprio.


Nesta terça-feira (22/10) o tesoureiro da AASPTJ-SP, Eduardo Campos Neves, esteve mais uma vez, junto a representantes de outras entidades, na Assembleia Legislativa com o objetivo de fazer gestões junto aos deputados pela aprovação dos Projetos de Lei Complementar de interesse da categoria: 06/2013 (cria cargos de assistentes sociais e psicólogos), 30/2013 (reposição salarial dos servidores) e 42/2013 (licença-saúde).


Representada pelo primeiro tesoureiro, Eduardo Campos Neves, a AASPTJ-SP esteve na Assembleia Legislativa no último dia 15 de outubro em conjunto com representantes da Assojubs, para fazer gestões junto a deputados pela aprovação dos Projetos de Lei Complementar 06/2013 (criação de cargos de assistentes sociais e psicólogos) e 30/2013 (reposição salarial dos servidores referente à data-base deste ano).

Veja aqui as nomeações já divulgadas pelo Tribunal de Justiça de São Paulo

 

 

 

 

A Assembleia Legislativa aprovou no início da noite de ontem (9/10), o PLC 29/13, de autoria do Tribunal de Justiça, que cuida da revisão da Lei Complementar nº 1.111/10 (Plano de Cargos e Carreiras dos Servidores da Corte), projeto este gerado após amplo debate com as entidades de classe dos funcionários.

É com tristeza que a AASPTJ-SP informa o falecimento da assistente social e ex-diretora Ana Maria da Silveira. Veja as homenagens que a Associação e a associada Selma Marques Magalhães prepararam à companheira e amiga, que vai deixar saudades

 


Foi publicada hoje (25/09) no Diário Oficial do Executivo a Lei Complementar 1.210/2013, que institui a jornada de 30 horas semanais para os psicólogos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Veja publicação

 

 


Cerca de 700 servidores do Judiciário paulista estiveram ontem na Assembleia Legislativa para acompanhar uma audiência pública em defesa dos Projetos de Lei Complementar 06/2013 (cria cargos de assistentes sociais e psicólogos), 29/2013 (atualização do Plano de Cargos e Carreiras) e 30/2013 (índice de reposição salarial dos servidores). O evento organizado pelo deputado Carlos Giannazi (PSOL) e pela Assojuris, teve como objetivo o convencimento dos deputados da importância da aprovação dos três projetos para a categoria.

Na tarde desta terça-feira (10/09) as entidades AASPTJ-SP, ASSOJUBS, APATEJ, AECOESP, SINDJESP – Caieiras e São Paulo , SINDJESP – Região Metropolitana e SINTRAJUS estiveram na Assembleia Legislativa para dar continuidade à luta em defesa dos servidores do Poder Judiciário paulista.

 


 

O Tribunal de Justiça divulgou hoje pelo Diário Oficial que estão abertas as inscrições para o Intstituto da Remoção para diversos servidores, entre eles, assistentes sociais e psicólogos. Veja o comunicado
Veja também informações importantes sobre o processo de remoção

 

 

 

 

 


Nesta segunda-feira (02/09) o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, recebeu a AASPTJ-SP. O objetivo da audiência foi a discussão da situação dos assistentes sociais e psicólogos contratados após o dia 1 de junho de 2007 e que, portanto, ficaram excluídos da SP Prev, conforme solicitado por um grupo de profissionais em reunião realizada no dia 17 de julho.

 

Aprovado o PLC 04/2013 que reduz a jornada dos psicólogos judiciários para 30 horas semanais. Veja como foi a luta e a conquista da AASPTJ-SP por este direito

 

 



Bookmark and Share