A AASPTJ-SP participou nesta terça-feira (17/05) de audiência pública realizada na Assembleia Legislativa sobre o Projeto de Lei Complementar 257/2016. A audiência foi organizada pelo deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL). Elisabete Borgianni, presidente da AASPTJ-SP, conclamou os assistentes sociais e psicólogos do país a encamparem esta luta.

 

No último dia 15 de abril ocorreu em Marília o Encontro de Assistentes Sociais e Psicólogos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo – 31ª Circunscrição, que abrange as comarca de Marília, Gália, Garça e Pompéia. O objetivo do encontro foi o de promover a aproximação da diretoria da AASPTJ-SP com os associados e discutir temas relevantes à rotina dos profissionais

 

Atenção assistentes sociais e psicólogos do TJ-SP que ainda não assinaram a petição publica pela revalorização da gratificação judiciária e novos concursos: Estamos esperando sua assinatura para entregar a petição à Presidência. veja como fazer sua parte

Para você, metodologias conhecidas como depoimento sem dano...

São uma alternativa, pois são mais protetivas do que a sala de audiência
15% (39 votos)
Podem ser uma alternativas, mas precisam de mais estudos
17% (45 votos)
Podem ser uma alternativa, mas apenas em alguns casos específicos
8% (21 votos)
São danosas, pois a preocupação principal é a responsabilização e não proteção
61% (161 votos)
Total de votos: 266